Centro de Comunicação e Cidadania da UFBA promove seminário no Subúrbio

Midia e Direitos HumanosEm terceira edição, evento questiona cobertura da violência nos meios de comunicação e como a mídia influencia nas agressões no cotidiano das cidades, em especial atenção aos jovens

Como a violência urbana é retratada pela mídia baiana e como ela é recebida pelo público; quais são os direitos violados nesse processo e quem são as principais vítimas dessas violações? Para discutir essas questões, o Seminário Mídia e Direitos Humanos reúne jovens, estudantes, profissionais e representantes da mídia, e propõe debate sobre a violação de direitos humanos nos veículos de comunicação da cidade. Evento acontece no dia 06 de junho, das 9h às 17h, no subúrbio ferroviário de Salvador (Escola Dalva Matos, Rua Aterro Joanes, s/n, Lobato).

Pela manhã a abertura do seminário traz um breve histórico do movimento de comunicação da Bahia. Seguido da mesa Comunicação, direitos humanos e mobilização social, onde serão apresentados os temas: a participação da Universidade nos movimentos sociais de comunicação; a causa da comunicação incorporada nos movimentos sociais; e o momento do movimento de comunicação na Bahia.

No período da tarde a proposta é que sejam reunidas contribuições dos participantes a partir da visão apresentada pela mídia sobre aquelas comunidades, moradores e juventude local. As contribuições visam trazer subsídios para compor um relatório de monitoramento da mídia local. O tema será debatido no grupo de trabalho Monitoramento – contribuições para a mobilização pelo direito à comunicação no Brasil: próximos passos.

O evento conta ainda com a exposição fotográfica “Sonhos da Juventude”, que apresenta trabalho do grupo Olhar Jovem – Juntos pela Política. Trata-se de um ensaio fotográfico sobre o retrato do jovem do subúrbio. Fruto do exercício de leitura de identidade e território para compreender os contextos de uso e abuso de drogas e violência nos bairros do Lobato, Plataforma e Periperi. O trabalho é elaborado pelo do grupo de formação em Participação Política, projeto desenvolvido pela ONG CIPÓ – Comunicação Interativa.

Realizado pelo Centro de Comunicação, Democracia e Cidadania (CCDC/UFBA), e CIPÓ, seminário é parte das ações de monitoramento de mídia, desenvolvido pelo Observatório de Mídia e Direitos Humanos da Bahia. O estudo propõe a realização de pesquisa que analisa a cobertura de três veículos impressos: Massa!, A Tarde e Correio, e de dois programas televisivos: Na Mira (TV Aratu, afiliada do SBT) e Se Liga Bocão (TV Itapoan, afiliada da TV Record). Mais informações no site www.ccdc.org.br.

Sobre o Observatório Mídia e Direitos Humanos
No esforço de pressionar os poderes públicos e as iniciativas privadas pelo fim de violações de direitos humanos na mídia e por maior qualidade de conteúdo, o Observatório de Mídia e Direitos Humanos da Bahia monitora e analisa, desde 2010, jornais impressos e programas televisivos na Bahia. O projeto é realizado através de uma parceria entre a CIPÓ – Comunicação Interativa, a Facom/UFBA e o Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social e tem financiamento da Fundação Ford.

O Observatório faz parte do Centro de Comunicação, Democracia e Cidadania (CCDC), órgão suplementar da Faculdade de Comunicação da UFBA. Iniciado em junho de 2009, o CCDC foi criado para ampliar e tornar visível a pauta dos direitos humanos no estado. O Centro fortalece e articula a sociedade civil em torno dos direitos humanos e das políticas públicas de comunicação. Atua em duas frentes: (1) monitoramentos e análises sobre violação de direitos humanos por produtos midiáticos impressos e eletrônicos; e o encaminhamento dos dados e denúncias para movimentos sociais e órgãos competentes. (2) mobilização da sociedade civil – a partir da atuação em espaços de democracia participativa, como conselhos de direitos, redes, fóruns e grupos de trabalho – para incidir sobre o poder público na elaboração e implementação de políticas públicas de comunicação no estado.

PROGRAMAÇÃO

08h30 – Café da manhã
09h – Histórico do movimento de comunicação na Bahia
09h15 – Mesa comunicação, direitos humanos e mobilização social
·  A participação da Universidade nos movimentos sociais de comunicação
·  A causa da comunicação incorporada nos movimentos sociais
·  Momento do movimento de comunicação na Bahia

12h – Encerramento do debate

14h – Abertura da exposição: “O Sonho de todo e toda jovem”, resultado da formação do grupo Olhar Jovem – Juntos pela Política da CIPÓ – Comunicação Interativa

14h30 – Grupo de trabalho: Monitoramento – contribuições para a mobilização pelo direito à comunicação no Brasil: próximos passos.

17h – encerramento.

SERVIÇO
O que: Seminário Mídia e Direitos Humanos
Data: 06 de junho de 2014 (sexta-feira)
Horário: 9 às 17h
Local: Escola Dalva Matos, rua Aterro Joanes, s/n, Lobato (final de linha).


MAIS INFORMAÇÕES
– CIPÓ – COMUNICAÇÃO INTERATIVA
Contatos: Lola Bê. – assessora de comunicação | Nilton Lopes – coordenador do Núcleo de Incidência Política (71 35034477/ 4480)

– Intervozes – Coletivo Brasil de Comunicação Social:
Contato: Clarissa Viana – representante do Intervozes (71 9239-2674/ 8846-6212)

– Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia (Facom/UFBA)

Contato:  Giovandro Ferreira –  coordenador da pesquisa, professor da Faculdade de Comunicação (71 3283-6191)

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.