VII Semana da África leva discussões sobre audiovisual e negritude ao Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA

Acontece, entre os dias 20 e 25 de maio de 2013 a VII Semana da África, evento acadêmico, organizado por estudantes brasileiros e africanos (que estão estudando na Bahia) ligados à nossa primeira Universidade Federal, a UFBA, Universidade do Estado da Bahia – UNEB, e à Universidade Federal do Recôncavo e que buscam comemorar o aniversário do continente africano preservando a memória e o legado sociocultural das várias etnias que marcaram a história brasileira.

Esta 7ª edição traz como tema: Identidades africanas na produção audiovisual em África e sua diáspora, reunindo pesquisadores africanos e brasileiros em torno de uma questão contemporânea: de que maneira a TV, o cinema e demais produções videográficas abordam os negros, o continente e as expressões culturais de matrizes africanas?

O evento dialoga e discute a importância da Lei Federal Nº 11.645/2008, que assegura a obrigatoriedade do ensino da história e das culturas de origem africana, como também das culturas ameríndias brasileiras, principalmente no Ensino Fundamental e no Ensino Médio, promovendo a construção de conhecimentos que refaçam a história e a historiografia brasileiras.

A Semana acontece desde maio de 2006 e já se tornou um evento de suma importância para a divulgação e fomentação de pesquisas sobre relações raciais no Brasil, em torno de questões ligadas a etnicidade, sobre o intercâmbio cultural entre Brasil e África, atualidades negro-diaspóricas, tradições afro-brasileiras, e a história real da África em sua grande diversidade étnico-cultural.

Pesquisadores como Carlos Cardoso (Guiné-Bissau), Cláudio Luiz Pereira, Mohamed Bamba, Claudio Furtado, José Luís Cabaço (Moçambique), Juvenal Carvalho, Jaime Sodré, Lívia Natália, Conceição Lima (São Tomé), Fatoumata Kandé (Senegal),Leão Lopes(Cabo-verde), Osvaldina Adão(Guiné-Bissau), Wilson Trajano, Lívio Sansone, Silvio Humberto, Wilson Matos, Amarino Queiroz, entre outros, estenderão seus estudos e conhecimentos para instigar debates que contemplem os objetivos acadêmicos e políticos deste evento, sempre marcado por uma luta constante contra o racismo e às desigualdades sociais impostas aos afrodescendentes no Brasil e no mundo diaspórico.

A grande novidade desta edição da Semana será as oficinas oferecidas a escolas da Rede Pública de Salvador, onde professores receberão qualificação sobre temáticas ligadas às africanidades, e ocorrerão nos dias 20 e 21. As atividades culturais como: shows, exibição de filmes, espetáculos teatrais, festas de congraçamento, serão divulgadas, a tempo, no blog criado especialmente para a VII Semana da África na cidade do Salvador da Bahia.

A parte acadêmica terá início no dia 22/05, às 10h, no Centro Cultural Câmara dos Vereadores, com a Conferência de Abertura: Cinemas africanos contemporâneos, com o prof. Mohamed  Bamba, professor- adjunto da Universidade Federal da Bahia. Os credenciamentos para os inscritos ocorrerão, a partir das 9:00h., na sede do Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO), no bairro Dois de Julho.

As inscrições serão gratuitas, e todos que obtiverem 75% de frequência terão direito à certificação.

Serviço:
Evento: VII Semana da África
Tema: Identidades africanas na produção audiovisual em África e sua diáspora
Período: 20 a 25 de maio de 2013
Entidades envolvidas: CEAO-UFBA, Faculdade de Economia – UFBA, UNEB,UFRB, CAPES, Câmara dos Vereadores de Salvador(Comissão de Reparação), Governo do Estado da Bahia, Prefeitura Municipal de Salvador, Bankoma – Comunidade Negra, Panela de Barro Produções, Agência Guineense de Imagem e TVE.
Programação: www.semanadaafrica.blogspot.com.br
Gratuito ( com direito à certificação)

 

Tagged under:

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.