Cortejo Obás de Oyó: Reis e rainhas da terra fortalencendo a liberdade

Dia 20 de novembro o Subúrbio Ferroviário realiza o cortejo afro comemorando arte, cultura e luta pela identidade negra

O cortejo Obás de Oyó é uma manifestação no entorno do Parque São Bartolomeu – Subúrbio Ferroviário de Salvador – que reúne grupos culturais de dança, teatro, poesia, capoeira, fanfarra e música movidos em passeata por trio elétrico, banda de percussão, artistas locais e centenas de pessoas das comunidades.

Esse é o nono cortejo cujo o tema Obás de Oyó faz uma referência aos antepassados da África, referendando-os como reis e rainhas, seres iluminados pela natureza que fortalecem a identidade negra. O cortejo é uma das formas de expressão da população local, eminentemente negra que convive num país de extrema desigualdade social e num local em que há grandes conflitos sócio-culturais. A manifestação é uma forma de mostrar a diversidade e a grande produção artística cultural do Subúrbio Ferroviário,  atividades que dificilmente aparecem nos meios de comunicação.

Obás de Oyó terá a presença dos grupos de percussão Arca de Olorum, 100 Porcento Afroindegena, Galera Quente do Break (Hot Break) El Quadrado, associados da Amul (Associação de Moradores Unidos do Lobato) e cooperados da Coopserpp (Cooperativa de Serviços Produtos de Plataforma), Grupo Crianças em Ação, Grupo de Capoeira Escola da Capoeiragem, Grupo de Capoeira Filhos da Senzala, Grupo de Capoeira União, Swingue Mania, Grupo Fox, Sistema Nervoso Abalado (HIP-HOP), escolas e creches, terreiros de candomblé, entre outras entidades locais. O cortejo tem saída na Rua do Gêlo, no bairro de São João do Cabrito às 8 horas da manhã com destino a Praça de Oxum no Parque São Bartolomeu.

Esse ano serão convidados artistas de renome na cena musical da Bahia e serão atrações musicais surpressa  pra população. O cortejo é organizado pelo Movimento de Cultura Popular do Surburbio- MCPS, articulando artistas , associações, instituições e grupos. A manifestação é o momento que gera trocas de conhecimentos para as comunidades locais, estabelecendo laços de relacionamento criativos solidarios e cooperativos

Convidamos vocês para prestigiar esse momento de congregação na luta pelos direitos do povo negro (dignidade, liberdade, lazer, educação, moradia, tolerância religiosa e sexual, paz, respeito a mulher, a criança e aos mais velhos, patrimônio sócio ambiental em condições de uso).

Informações
Cortejo Obás de Oyó: Reis e rainhas da terra fortalecendo a liberdade
20 de novembro da Rua do Gêlo no bairro São João do Cabrito à Prç. De Oxum no Parque São Bartolomeu.

Contato
(71) 3019-7291/ 3398-3355/ 8791-0930 – Sara ou Deliane
Email: movimentoartecultura@gmail.com

 

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.