Movimentos sociais prestigiaram lançamento do Plano Juventude Viva em Alagoas

Do Juventude.gov.br

Um dos momentos marcantes da cerimônia foi o depoimento da Dona Zezé, que é representante das trabalhadoras rurais, mas deixou claro que estava ali como uma mãe que perdeu o filho para a violência. “Estou aqui para homenagear o meu filho, eu não posso mais tê-lo comigo, mas a minha luta hoje é para que outras mães não passem pelo que estou passando”.

O lançamento do Programa de Prevenção à Violência Contra a Juventude Negra, na última quinta-feira (28), em Maceió, foi prestigiado por representantes de diversos movimentos sociais de Alagoas. Um dos momentos marcantes da cerimônia foi o depoimento da Dona Zezé, que é representante das trabalhadoras rurais, mas deixou claro que estava ali como uma mãe que perdeu o filho para a violência. “Estou aqui para homenagear o meu filho, eu não posso mais tê-lo comigo, mas a minha luta hoje é para que outras mães não passem pelo que estou passando”. Outro depoimento ouvido com atenção foi o da jovem Rúbia Nascimento, que falou em nome da juventude alagoana e cobrou respostas pontuais para a questão da violência que, segundo ela, só será vencida com políticas inclusivas, que garantam ao jovem o direito de escolha.

A cerimônia contou com a presença dos ministros Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral), Luiza Bairros (Seppir), Brizola Neto (Trabalho) e Jose Eduardo Cardoso (Justiça), do governador de Alagoas, Teotônio Vilela Filho, e do prefeito de Maceió, Cícero Almeida. Em seus discursos, todos ressaltaram a necessidade de reunir esforços, colocando a solução do problema acima de qualquer interesse político ou partidário.

A secretária nacional de Juventude, Severine Macedo, também destacou a união dos governos federal, estadual e municipal como fator decisivo para os resultados do Plano que, nessa fase inicial, investirá cerca de R$ 70 milhões, em recursos novos, nas cidades de Maceió, Arapiraca, União dos Palmares e Marechal Deodoro. Serão implementadas mais de 30 iniciativas que integram 25 programas federais.

Tagged under:

1 Comment

  • Reginaldo Bispo Responder

    As informações que nos chegam de Alagoas, são bem diferentes. Que muitas crianças do fundamental e médio foram levadas para o evento sem saber do que se tratava. Com a ordem de levantar bandeiras e aplaudir as autoridades. Que a desorganização foi grande, e não havia lanches para as crianças. Que muita gente ao invés de aplaudir, vaiou as nobres autoridades.

    O PLANO é uma falácia, instituído com ajuda de um governador do PSDB, de um estado pequeno como Alagoas, é PILOTO, e foi justificado na boa vontade do Teotônio Vilela (vontade que os governadores da base talvez não disponham), e na falta de recursos para implanta-lo em um estado maior, campeão em violência como a Bahia e SP.

    Pasmem, o estado brasileiro não tem grana para impedir a matança da juventude negra no Brasil, ou pelo menos, na maioria dos estados onde o extermínio é maior. Vão realizar um laboratório em um pequeno estado, campeão em genocídio, onde a população é pequena, enquanto a matança corre solta em todo o nordeste, no sudeste e no norte do pais.

    Quer dizer, A GUERRA GENOCIDA NÃO DECLARADA CONTRA A POPULAÇÃO NEGRA VAI CONTINUAR, quem sabe até as eleições de reeleição da D. Dilma, ou talvez depois de 2018 quando da sua sucessão, dependendo dos resultados os estudos em Alagoas, ou dos interesses políticos eleitorais do PT, das elites e das oligarquias capitalistas brasileiras e internacionais.

    NÃO HÁ INTENÇÃO DE PARAR A VIOLÊNCIA, A SANGRIA E O GENOCÍDIO DE JOVENS VIDAS NEGRAS. ISTO NÃO É PRIORIDADE DO GOVERNO, MAS SIM, SALVAR OS NEGÓCIOS DOS BANQUEIROS, LATIFUNDIÁRIOS RURALISTAS, AGRONEGÓCIO, EMPREITEIRAS E COMERCIAIS.

    NESTAS ELEIÇÕES PENSE NISSO ELEITOR, MOSTRE QUE NÃO É BURRO, QUE É POLITIZADO. NÃO AS FALSAS ESQUERDAS, FORA A DIREITA. SEM COMPROMISSO COM A VIDA DO NOSSO POVO, E SEM OPÇÃO CONFIÁVEL, VOTE NULO, NÃO EM OPORTUNISTAS, ENGANADORES E APROVEITADORES. Reginaldo Bispo – Fração MNU de Lutas, autônomo e Independente.

Leave a Reply

Your email address will not be published.