Terreiros convidam a população baiana para a “II Caminhada do Recôncavo – O Povo de Santo pela liberdade religiosa”, no próximo domingo (27), na cidade de Cachoeira

Atividade reunirá religiosos de diversas vertentes das religiões de matriz africana, além de autoridades governamentais e grupos culturais da região

Com o tema “O povo de santo pela liberdade religiosa”, os terreiros das religiões de matriz africana dos municípios que integram o Território do Recôncavo realizam no próximo domingo (27), na cidade de Cachoeira, a “II Caminhada do Recôncavo – O Povo de Santo pela liberdade religiosa”. A atividade, que está em sua segunda edição, tem o objetivo de convidar a população baiana a caminhar em prol da liberdade de crença, direito previsto na Constituição Federal, e do respeito aos cultos religiosos.


A Caminhada reunirá o povo de santo de diversas nações do candomblé, da umbanda e do culto aos caboclos e terá como um dos principais pilares a luta pela liberdade religiosa, frente aos ataques e agressões aos quais as comunidades religiosas são atingidas devido à intolerância religiosa.

Intolerância religiosa – Fato que motivou a realização da primeira caminhada, em 2010, foi uma série de ataques sofridos pelo Terreiro Zogbodo Malê Bogum Seja Unde (Roça do Ventura) que teve suas terras invadidas e 12 hectares devastados pela ação de grileiros e especulação mobiliária. Em janeiro deste ano, este terreiro cachoeirano, um dos mais antigos do país, foi tombado provisoriamente pelo IPHAN como patrimônio cultural do Brasil. Nesse sentido, o povo de santo se reúne mais uma vez para caminhar em prol da liberdade religiosa e pela valorização e preservação da religião, com o respeito aos seus cultos e terras sagradas.

Este ano, junto da II Caminhada do Recôncavo, acontece a produção de um documentário de registro e memória do povo de santo daquela região. O registro fará parte das ações para efetivação do tombamento da Roça do Ventura e servirá como importante material para o povo de santo e sua luta pela liberdade de fé.

A “II Caminhada do Recôncavo – O Povo de Santo pela liberdade religiosa” tem patrocínio do projeto Novembro Negro da Secretaria Estadual de Promoção da Igualdade (SEPROMI) e é uma realização do Terreiro Seja Unde e Munzanzu Produções.

Programação
9h – Concentração (Local: Rua da Feira)
12h Encerramento (Local: Praça da Aclamação)
Atrações culturais: Samba de Dona Dalva, Esmola Cantada, Gêge-nago,
Samba de roda Filhos do Caquende e Olodum.

Informações:
Presidente da Sociedade Religiosa da Roça do Ventura
Edvaldo Buda: (75) 9108-2369

Produção:
Juê Olivia: juolivia@gmail.com – 71 9113-3182
Virgínia Nunes: virginia.ufrb@gmail.com – 71 9161-3849

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.