Forte Santo Antônio sedia lançamento do livro do Mestre Curió

O Forte de Santo Antônio Além do Carmo sedia nesta sexta-feira (21) às 19h, o Lançamento do Livro “Histórias e Recordações da Vivência de Mestre Curió”. Composto por 184 páginas, o livro traz relatos e fotografias do Mestre, organizado pelo Professor Jorge Conceição, além de ter dois idiomas. São 90 páginas em português e 94 em inglês. O lançamento faz parte XXII Evento da Escola de Capoeira de Angola Irmãos Gêmeos (ECAIG) com o tema Capoeira Angola: A importância do Mestre de tradição oral no espaço formal.

As outras ações do evento que acontece até o próximo dia 22 de janeiro ocorrem na própria ECAIG localizada na Rua Gregório de Matos, 09 – 2º andar – Pelourinho – Salvador/BA. Entre ações realizadas teve a Oficina de Capoeira Angola nos dias 17 e 18 com o Mestre Curió que foi um dos alunos do Mestre Pastinha no qual imortalizou o estilo Angola.


A Capoeira Angola é o estilo mais tradicional marcado por sua malandragem e pelos seus movimentos próximos ao solo, sendo este o estilo mais semelhante à forma que os escravos jogavam e/ou lutavam.  Existente há mais de 500 anos, a Capoeira Angola “não é luta, é arte, é coreografia, é religião, é cultura, é filosofia, é concentração espiritual e é educação”, define Mestre Curió, que dedica 65 anos de sua vida à atividade.

No dia 19 foi realizada uma mesa redonda sobre o tema do evento que contou com a presença de Curió, que além do vasto conhecimento com a capoeira, se destaca pelas suas oficinas voltadas às crianças. Uma missa na Igreja de São Francisco que fica localizada no Pelourinho – construída no século XVIII é considerada um belo exemplar do barroco português no mundo – e uma roda de capoeira angola no cruzeiro de São Francisco compõem a programação do evento. Já o encerramento do evento será contemplado com o tradicional caruru em oferenda aos Santos Cosme e Damião.

HISTÓRIA do FORTE – A fortificação é propriedade da União, mas está cedido à SecultBA. O IPAC restaurou, tombou como patrimônio cultural e administra o prédio que sedia academias de capoeira. O forte fica no mesmo lugar da extinta trincheira de defesa Baluarte de Santiago, construída em 1627, após a expulsão dos holandeses de Salvador. Na década de 1950, foi transformado em Casa de Detenção só vindo a ser desativada em 1976, sendo que, durante o regime militar, abrigou presos políticos. Atualmente o forte sedia ações de caráter social, educativo e cultural, desde as atividades das academias de capoeira até eventos que trabalham com linguagens e manifestações artísticas.

Para maiores informações sobre as ações da ECAIG através dos telefones (71) 3321-0396 (Mestra Jararaca) / 3323-0081 (Mestre Curió). Informações sobre o forte estão no endereço http://fortesantoantonio.blogspot.com ou tel: (71) 3117-1492 / 1488.

Geovan Adorno
Forte de Santo Antônio – IPAC
71 31171492 / 86173369

Tagged under:

3 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.