Seminário homenageia literatura negra

Palestras, recital de poesias e lançamento do livro Encontro com o Escritor enceram as atividades da programação do Novembro Negro da Fundação Pedro Calmon

Novembro é o Mês da Consciência Negra. Portanto, nada mais oportuno do que realizar uma edição dos Seminários Novas Letras com temas voltados também para a literatura produzida por autores negros. Para a realização dessas palestras, que terão como tema central O Negro e o Negro na Literatura Brasileira, o Núcleo do Livro, Leitura e Literatura – NLLL da Fundação Pedro Calmon/Secult convidou especialistas que se dedicam ao estudo de escritores e poetas representativos da literatura brasileira.

Além das palestras que serão proferidas, o destaque também será para o lançamento do livro Encontro com o Escritor, e o recital de poesias com José Carlos Limeira. O evento ocorrerá no dia 30 de novembro (terça-feira), a partir das 14h30, no auditório da Biblioteca Pública do Estado – Barris. O evento é direcionado a estudantes de nível médio e universitários das áreas de letras e comunicação, além de especialistas, escritores, poetas, professores e público interessado. A participação é gratuita e não é necessário fazer inscrição antecipada.


O seminário trará as seguintes palestras: Luiz Gama e a construção do destino, com a escritora Myriam FragaBoca e papel: espaços de fricções da palavra poética, com a professoraEdilene MatosCruz e Sousa: uma poesia sem cor?, com a professora Florentina Silva.  “O evento tem o propósito de enfatizar a produção e a valiosa contribuição de autores representativos da literatura brasileira, a exemplo de Cruz e Sousa e Luiz Gama”, destaca a coordenadora do NLLL, Lúcia Carneiro.

As palestrantes – Florentina da Silva Souza é professora de Literatura Brasileira da UFBA, vice-diretora do Centro de Estudos Afro-Orientais da UFBA – CEAO, mestra em Literatura Brasileira, pela Universidade Federal da Paraíba e doutora em Literatura Comparada, pela UFMG. Em 2005, publicou o livro Afrodescendência em Cadernos Negros e Jornal do MNU.  Edilene Dias Matos possui mestrado na área de Teoria da Literatura (UFBA), doutorado em Comunicação e Semiótica: Literaturas (PUC/SP) e pós-doutorado – USP/IEB. É Professora Doutora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é Professora Adjunta da UFBA. Já publicou os seguintes livros: Perfil e sobrenome (contos); O imaginário da Literatura PopularCastro Alves – imagens fragmentadas de um mitoEle, o Tal Cuíca de Santo AmaroOs múltiplos ofícios de Minelvino Francisco SilvaO boquirroto de megafone e cartola. Myriam Fraga iniciou suas atividades literárias publicando assiduamente em revistas e suplementos literários. É diretora executiva da Fundação Casa de Jorge Amado e membro da Academia de Letras da Bahia. Participou de várias Antologias no Brasil e no exterior, tendo poemas traduzidos paraidiomas.

Serviço:
O quê: Seminários Novas Letras – O Negro e o Negro na Literatura Brasileira
Quando: Dia 30 de novembro (terça-feira), a partir das 14h30
Onde: Na Biblioteca Pública do Estado da Bahia- Av. General Labatut, 27, Barris
Entrada: Gratuita
Informações: (71) 3116-6653/6677
Assessoria de Comunicação
FPC – Fundação Pedro Calmon – SecultBA
(71) 3116-6918 / 6919

ascom.fpc@fpc.ba.gov.br

www.fpc.ba.gov.br

www.cultura.ba.gov.br

Tagged under:

1 Comment

Leave a Reply

Your email address will not be published.