Música Reggae – Veículo de Transformação Social

bobmarleyO projeto Música Reggae – Veículo de Transformação Social, composto por um seminário e um show musical, chega a sua 4ª edição nos dias 16 e 17 de janeiro de 2010, concebido e realizado pela Associação Cultural Nova Flor (ACNF), que é uma entidade sem fins lucrativos voltada para a difusão da cultura Rastafari. O evento conta com o apoio da Petrobrás, Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia, Pelourinho Cultural, IPAC, TVE, Educadora FM, CDCN e Sindicato dos Músicos Profissionais da Bahia, e a produção da empresa Putzgrillo!.

No sábado 16/01, às 14:30h, no CDCN (Conselho de Desenvolvimento da Cultura Negra – Rua do Passo, 42, Pelourinho), será realizado um seminário voltado à importância da música reggae e da cultura Rastafari, com duração de 4 horas, entrada franca e os seguintes palestrantes especializados na temática: Analtino Santos (Ras Kilungi), angolano, que vai falar sobre a música reggae e o movimento rasta em Angola; Sidney Rocha, que vai tratar sobre a simbologia da música reggae no movimento rastafari; DJ Branco, que vai falar sobre a importância da música reggae na formação da identidade; e Dina Lopes, que vai abordar sobre a presença feminina na música reggae. Além das palestras, acontecerá um recital de poemas, com os poetas Douglas de Almeida, Jeane Sanchez e Walter Cezar.


Cartaz_MúsicaReggae
No domingo 17/01, às 17 horas, na Praça Tereza Batista – Pelourinho, vai acontecer o show musical Reggae a Paz, com as bandas Kebra Nagast e Red Meditation (atualmente radicada nos EUA), e os artistas Geraldo Cristal e Jonas Bento I (SP). O ingresso custa R$ 15,00 e está à venda nos Balcões PIDA!.

A 4ª edição do projeto Música Reggae – Veículo de Transformação Social faz parte do calendário de atividades da Associação Cultural Nova Flor (ACNF) e tem uma relevância fundamental nas discussões acerca da música Reggae e da cultura Rastafari no Estado da Bahia. O seu objetivo principal é proporcionar um debate plural que desmistifique os preconceitos existentes e enfatize o poder transformador que a música Reggae exerce no indivíduo e na sociedade, oferecendo subsídios para despertar no ser humano a capacidade de reflexão e conscientização acerca da vida, do amor, da justiça, da espiritualidade, preservação do meio ambiente.

———-
Sobre a ACNF
A Associação Cultural Nova Flor (ACNF) é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2006, com sede em Salvador, que desenvolve uma série de práticas educativas, culturais e sociais voltadas para a consolidação do Movimento Rastafari enquanto movimento sócio-cultural, político, filosófico e espiritual na construção de cidadania. Um dos seus principais intuitos é o de facilitar o acesso de jovens, adultos e adolescentes às informações fidedignas sobre a história da África, de acordo com os direcionamentos previstos na lei 10.639/03, contribuindo assim para elevação da auto-estima da comunidade afro-descendente.

Entre as diversas atividades que empreende, a ACNF mantém um calendário cultural repleto de eventos que tem o propósito de ampliar e aprofundar o conhecimento da comunidade, a exemplo de: Mulher em Foco (março), África Mãe (maio) e Um Povo, Uma Luta, Um Destino (agosto), entre outros. O evento Música Reggae – Veículo de Transformação Social também faz parte desta programação e tem um papel fundamental, já que a música permeia todas as discussões a cerca do movimento Rastafari, e está presente nos outros eventos, sendo que este é o específico sobre o tema, quando ocorre o aprofundamento das discussões e reflexões sobre o caráter transformador e humanista da música Reggae.

———-
Serviço
Projeto Música Reggae 2010 – Veículo de Transformação Social
Sábado 16 de janeiro – 14:30h – CDCN (Pelourinho) – Entrada Franca
Seminário com Analtino Santos (Ras Kilungi), Ras Sidney Rocha, DJ Branco e Dina Lopes

Domingo 17 de janeiro
– 17h – Praça Tereza Batista (Pelourinho) – R$ 15,00
Show Reggae a Paz, com Red Meditation, Geraldo Cristal, Kebra Nagast e Jonas Bento I (SP)
Informações: (71) 9205-5231

Tagged under:

1 Comment

  • Dilene Caldas Silva Responder

    A Associação em epígrafe e patrocioandores, estão de parabéns pela 4ª edição de um trabalho que é fundamental, para conscientizar, politizar e transformar fortalecendo culturalmente nossa negritude e todo povo que habita nossa cidade, e porque não dizer, os que nos visitam também.
    A PAZ tão sonhada, só irá se fazer plena, através da Justiça Social, e esta, só acontecerá quando todos nossos anseios forem contemplados.
    Saudações!

Leave a Reply

Your email address will not be published.